quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Palavras que vêm de longe


Querida, eu e não somente eu, adoro-te a acho que és uma mulher fantástica, inteligente, apaixonada, fiel aos teus sentimentos e às tuas convicções, és generosa, gentil, talentosa e, portanto, só precisas lembrar que és tudo isso e mais para não ficares triste.
Não te quero deprimida, quero-te forte, és uma lutadora.
O corpo pode reclamar, pode parecer incapaz de te acompanhar a todos os destinos que queres visitar ou cumprir com todas as tarefas a que te propões, mas esse não é um detalhe essencial, essencial mesmo é o desejo que arde no teu coração e não o podes negar.
É o desejo de viver e de encontrar um pouco de felicidade e amor.

   Mariangela/dez/2012