segunda-feira, 25 de novembro de 2013

HOJE

       

Eu hoje chorei
Como uma criança                      
Que tem fome
Não tem pai, nem mãe
Está sozinha, na vida.
Sem carinho, sem nada,
Aos tombos pelo mundo,
Pobre criança, pobre…!
Pobre de pobreza, e amor,
Não sabe o que é um beijo,
Um doce, carinho de mãe.
E eu chorei, e chorei
Até não ter lágrimas.
Ficou uma dor no peito,
A marcar a tristeza,
De uma vida, vivida,
Sem saber se valeu a pena,
Tê-la vivido!!!!!!!!!!
                
                   Xtórias da Carmita- Junho 2009-06-19