sábado, 21 de dezembro de 2013

Hoje




     Eu hoje chorei!
     Como uma criança,
     Sozinha na vida.
     Sem pai, sem mãe,
     Sem carinho, sem nada.
     Aos tombos pelo Mundo.
     Pobre criança, pobre.
     Eu chorei, chorei,
     Pela minha vida vivida,
     Que de nada valeu, ser vida.

           Carmita/Dez/2013