quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Palavras que roubei .


         Não importa se a estação do ano muda,

         se o século vira, conserva a vontade de viver,

         não se chega a parte alguma sem ela(vontade de viver

                          Fernando Pessoa (Ricardo Reis)



terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Hoje não te vi



               O dia acordou cinzento, mais para o frio do que para a chuva.

               Eu hoje ainda não te vi, sei que estás aí, não me aqueces, é verdade, mas sei que confortas outros.

               Fazes-me falta é certo mas só de saber que dia a após dia, me acompanhas nesta luta diária, que é viver, fico mais animada Hoje é outro, amanhã outro e depois virei eu a receber esses teus raios dourados, que quantas vezes me chegam ao coração.

               Quem fez o Mundo fez perfeito, nós estragamos, mas tu Sol com esse ar soberano, não te deixaste corromper....

       Carmita/Dez/2014


segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Palavras que roubei


         Goza a luz do Sol,
    
         deixa-te acariciar por ele.

         O calor é para todos.

                  Fernando Pessoa

 



sábado, 27 de dezembro de 2014

Palavras que roubei



      Sonha com as estrelas,

      apenas sonha,

      elas só podem brilhar no céu

           Fernando Pessoa


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Palavras que roubei



    AMAR

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui...além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente...
Amar!Amar! E não amar ninguém!

      Florbela Espanca

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Jesus


          Jesus é o filho de Deus feito homem, nasceu à 2014 anos.
          Jesus veio ao mundo para nos salvar, morreu na cruz, aceitou o seu destino, pensando ele que nos salvava. E agora quem nos salva? Será que Deus vai outra vez, mandar alguém para nos salvar, não sei não, agora talvez seja tarde de mais.
 
      carmita/Dez/2014


terça-feira, 23 de dezembro de 2014

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

E Ela disse-me


     Quando alguma coisa corre mal, tiras daí uma lição: Só erra quem não sabe, aprende e não voltarás a errar.

domingo, 21 de dezembro de 2014

FELIZ NATAL

         FELIZ NATAL A TODOS, AQUELES QUE AO LONGO DESTES MESES TÊM PARTILHADO COMIGO, O MEU BLOG, E ME ESTIMULAM A CONTINUAR.
         DESDE O JAPÃO, CHINA, LUXEMBURGO, FRANÇA, INGLATERRA, BRASIL, CANADÁ,
ESTADOS UNIDOS AMÉRICA E PORTUGAL.
         QUE O ANO NOVO VOS TRAGA PAZ  E AMOR
       
        SEJAM FELIZES


      Carmita/Dez/2014

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Poesia de Amor

 AMOR

ESPERAR POR ELE
VIVER POR ELE
LUTAR POR ELE
MORRER POR ELE
NUM LINDO SONHO DE AMOR

XTORIASDACARMITA 20 3-2010

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Triste



                    Hoje estou triste, triste como um passarinho, sozinho numa grande gaiola.

                    A tristeza não vem de noite e fica dentro de nós.

                    A tristeza pode ser provocada, é a minha tristeza.

                    Como é que alguém pode ser tão mau, para um ser tão próximo.
  
                    Tenho o coração esfaqueado por palavras tão injustas.

                    Sofro porque estou doente e não consigo ferir ou magoar seja quem for.

                    Até quando vou aguentar?não sei.

                    Só sei que não posso mais. Ter sido um erro de alguém no passado, não faz de mim um mártir. Até quando meu Deus? Estou a fraquejar, é Natal e não me deixam ser Feliz.

1ª parte de Triste

              Carmita/Dez2014

                    

            
                   

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Palavras que roubei



      O amor é fogo que arde sem se ver;

      É ferida que dói, e não se sente;

      É um contentamento descontente;

      É dor que desatina sem doer.

              Luís de Camões

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Palavras que roubei



  Saudades! Sim...Talvez...e porque não?...

  Se o nosso sonho foi tão alto e forte

  Que bem pensara vê-lo até à morte

  Deslumbrar-me de luz o coração!

            Flor bela Espanca


sábado, 13 de dezembro de 2014

MAIS UMA VEZ
Á LUZ DAS VELAS
MAIS UMA TAÇA
OUTRA, OUTRA E OUTRA.
NÃO SEI O QUE VEJO NELAS
A NECESSIDADE DE ESQUECER O PASSADO?
A VONTADE DE ENFRENTAR O FUTURO?





PAREI OLHEI ESCUTEI E EM FRENTE ANDEI!
O MUNDO GIROU A MINHA VOLTA
QUANTO MAIS ELE GIROU.......
MAIS FORÇA TIVE PARA CONTINUAR
 E CONTINUEI....

cARMITA/2O11


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Palavras que roubei

  

                   Admira a Lua,
                   sonha com ela,
                   mas não queiras trazê-la para Terra.


      Fernando Pessoa

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

SUSTO


Passou por mim,
Leve solto e livre.
E disse-me:
Não deixes de AMAR.
Olhei era um belo pássaro colorido,
Da cor do AMOR

    Carmita/2010








segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Poesia (amor)



ESPERAR POR ELE
VIVER POR ELE
LUTAR POR ELE
MORRER POR E
LE
NUM LINDO SONHO DE AMOR

CARMITA 20 3-2010


quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Por onde andará ela


    Sempre de cabeça erguida, enfrentava a vida com alguma altivez, ou seja com orgulho.
    Aqueles olhos lindos, sempre muito bem pintados, o que a tornava ainda mais bela e feliz.
    O sapato de salto 8 cm, dava-lhe elegância e um charme muito especial.
    Podia usar uns chinelos, mas sempre de salto alto. E deles nunca descia.
    Onde foi parar, esta criança, esta jovem,  esta mulher, esta linda mãe?
   
    Foi parar a uma lixeira, com certeza para ser reciclada, e transformada em papel de embrulho.



                     Nov/o9-xtórias da carmita

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014



NÃO GOSTO DE ESTAR SÓ.
ÀS VEZES TENHO MEDO DE ESTAR SÓZINHA.

DE QUÊ?
NÃO SEI.

SÓ SEI QUE UM DIA, VOU ESTAR INFINITA E ETERNAMENTE:


              

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

E Ela disse-me

 

         Eu gosto deste, tu gostas daquele, na verdade, eles são os mesmos interesseiros, corruptos, sem amor a nós, e principalmente à Pátria.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

E Ela disse-me:

Achas que sou feliz?
              Eu todos os dias me levanto e tenho esperança, mas nada de novo me acontece.


sábado, 29 de novembro de 2014

Pensamento


    
      CARMITA  MÃE, AVÓ, MULHER. AINDA NÃO DESISTIU,TALVEZ À
ESPERA DE UM MILAGRE…..!

                                               XTÓRIAS DA CARMITA/JUNHO 2009-06-24

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

A ti Pai



 Quis ir ter contigo
Não havia viagens
Quantas vezes quis partir,
Para onde e para quê?
Quis sentir a tua presença,
Falo de ti muitas vezes.
Ficou o bom que me deste,
Mas ficou o vazio que deixaste.
Quando estou triste,
Quero ir ter contigo.
Não é fácil, mas é possível,
Só que não é justo, sofri,
Os outros sofreram também.
A vida é para ser vivida,
Com cumplicidade, e amor.
Não “OS” posso abandonar.
Quando partiste foi muito triste,
Era a tua hora, seria???
Vou tentar ser mais forte,
Só partirei na minha hora…!

MAS SENTIMOS, MUITO A TUA FALTA, A TUA PRESENÇA.
BEIJOS….PAI, SENTIMOS SAUDADES DE TI…….


quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Duvidas....incertezas

   Estou baralhada, não é a dúvida se posso roubar, nisso sou livre de fazer o que quero desde que não prejudique os outros....impossivel. Dúvidas são dúvidas, pergunto vale a pena????? Vale a pena como muitos de nós estão no limite da miséria e outros já lá caíram, ficar a ver e nada fazer. O que vale um voto?Para quê votar? A cascata das desgraças não para e a agua suja respinga para todos os lados. A minha dúvida está na frase: tudo vale a pena se a alma não é pequena. A minha dúvida continua e já não sei se tenho alma.


Carmita/Out/2014
Estou baralhada, não é a dúvida se posso roubar, nisso sou livre de fazer o que quero desde que não prejudique os outros....impossivel. Dúvidas são dúvidas, pergunto vale a pena????? Vale a pena como muitos de nós estão no limite da miséria e outros já lá caíram, ficar a ver e nada fazer. O que vale um voto?Para quê votar? A cascata das desgraças não para e a agua suja respinga para todos os lados. A minha dúvida está na frase: tudo vale a pena se a alma não é pequena. A minha dúvida continua e já não sei se tenho alma.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

A PAZ É:

A LUZ DOCE DO AMANHECER,
A TERNURA DE UM OLHAR,
A MAGIA DE VIVER.
O AR TRAQUINO DAS CRIANÇAS,
VÊ-LAS FELIZES A BRINCAR.
A LUZ DO ENTARDECER.
VIVER E DEIXAR VIVER.
SONHAR SEM ACORDAR
SIMPLESMENTE,
AMAR


sábado, 22 de novembro de 2014

Vi-te passar

VI-TE PASSAR…, QUE LINDO QUE IAS,
IMPONENTE, NO TEU CARRO NOVO
QUE BEM TE FICAVAM ESSES CABELOS BRANCOS,
NESSE CINZA PRATA COR DA TUA MÁQUINA,
CHOREI, APETECEU-ME BEIJAR-TE,
GRITAR O QUANTO TE AMO,
DIZER-TE O QUANTO ÉS IMPORTANTE PARA MIM,
MAS….TU JÁ IAS LONGE…
TUDO FICOU NO MEU PENSAMENTO.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Sobe, que sobe

Sobe, que sobe, garota sobe,
Sobe, que sobe as longas escadas.
Ao fim do dia, já cansada,
Paras...Olhas para trás,
E não vês nada.
Fitas a vida de frente,
Olhos nos olhos, do futuro,
Sentes a brisa suave, e quente,
Brincar com os teus caracóis,
De criança crescida, abandonada.
A vida é desilusão, sem emoção,
É a obrigação de viver, sem nada.
Subiste, subiste, essas escadas.
Cansada sentiste, a chuva,
Fria, muito fria, gelada.
Entre as nuvens, veio o sol,
Que te fez sorrir e aquecer.
Aquele raio de sol, doce e quente,
Poisou leve , suave, no teu rosto,
Trigueiro, lindo e carente!


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

A Princesinha de Sanfins

    Era uma vez uma princesinha que se chamava Ísis. Todos os anos, no verão ia com a sua família passar férias, a Sanfins do Douro, .uma terra de gentes de paz, e hospitaleira.
    Assim que chegava, procurava instalar-se no melhor canto da casa, ou seja no sitio mais sossegado, sem confusão do entra e sai das visitas, e do reboliço de uma casa de férias.
    O stress da viagem de carro, deixava-a de rastos, nos primeiros dias era só descansar, pelo contrário a sua família, era um entra e sai, sem parar.
    Escusado será dizer que assim que eles saiam ela deitava-se na sua caminha e dormia, e dormia…
    Do seu canto, ela ouvia as coisas mais incríveis, era a Toninha e as suas histórias infindáveis, sobre o passado vivido em Sanfins.
    No seu canto Ísis suspirava, encolhia os ombros e até parece que sorria.
    Quando estavam lá os pais do João, para passarem um fim de semana, era de morrer a rir, pois o Sr. Tininho, e D. Toninha animavam os serões com as suas anedotas reais e inventadas. O Sr. António devido à sua doença, ouvia tudo com muita atenção. O João e a Catarina namoravam e D. Carmita ria às bandeiras despregadas.
Do seu canto especial, a princesinha era atormentada, com o barulho dos foguetes, dos bombos e das fanfarras. Eram as festas populares e o povo adorava. Vinham do estrangeiro, filhos da terra que saíram à anos para outros países à procura de uma vida melhor, e voltavam nesta altura para festejar, em  honra de Nossa senhora da Piedade.
A certa altura a princesinha Ísis começava, a sentir saudades da sua casa de Lisboa, o seu 5º. Andar era mais tranquilo.
     Ísis era a única na família, uma gata cinzenta e branca, e onde quer que estivesse, era o charme, que nem todas as criaturas conseguiam ter. Era preciso ter berço, e o de Ísis era um berço de Gata com postura de Rainha.
    
     Carmita/2012


sexta-feira, 14 de novembro de 2014

O CHAPÉU COM FLORES


    Era uma vez  menina que tinha um CHAPÉU COM FLORES, tinha a inocência estampada nos olhos, a alegria nas bochechas e o sorriso nos lábios.
   As abelhinhas quando ela passa, querem poisar no chapéu, e as borboletas esvoaçam à sua volta.
    Ela é feliz, e sente-se bonita. Contente lá vai, com o seu cãozinho ao colo, de vez enquanto, pula salta e até corre. As flores saltitam, mas não caiem, pois a foi a avozinha, que lhe pregou as flores no chapéu.
   A menina chega ao jardim, e os amigos vêm todos a correr ter com ela, larga o cão e começam as brincadeiras, o vento derruba-lhe o     chapéu, que fica plantado na relva.
   Brincaram toda a tarde. A menina foi a correr para casa, com a inocência nos olhos, a alegria nas bochechas, o sorriso, nos lábios e o chapéu, esse lá ficou plantado no relvado.



sexta-feira, 31 de outubro de 2014

E Ela disse-me:



            Nunca se desiste de um sonho, um dia ele acabará por acontecer.



quinta-feira, 30 de outubro de 2014

E Ela disse-me



                Nunca digas não, o não, não existe. Nada é impossível até prova em contrário.


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

E Ela disse:me



                  Podemos ser felizes com:

                     - bons amigos
                     - bons livres
                     - e uma boa consciência




terça-feira, 28 de outubro de 2014

E Ela disse-me



                    Viemos ao Mundo para ser-mos felizes. É preciso muita força para contrariar as agruras da vida.



segunda-feira, 27 de outubro de 2014

E Ela disse-me



              Logo pela manhã estabelece as metas do dia, assim é mais fácil cumpri-las e o dia fica mais leve.



domingo, 26 de outubro de 2014

E Ela disse-me:



        Eu li num livro, num jornal, ou num pasquim: Vivo cada dia como se fosse o último.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

E Ela disse-me:



                       Uma família unida está preparada, para as adversidades da vida e tem mais força para continuar.

               

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

terça-feira, 21 de outubro de 2014

E Ela disse-me



             A vida só é "validada", se os filhos fizerem mais do que os pais fizeram. O meu pai deu-me mais, do que o que o meu avô lhe deu, e eu quero dar aos meus filhos, mais do que eu recebi.

Ps: o dar e receber, pode ser tudo o que tu quiseres......


segunda-feira, 20 de outubro de 2014

E Ela disse.me



         Nos raios de sol, que nos iluminam e aquecem, estão aqueles de quem sentimos falta.


domingo, 19 de outubro de 2014

Ao amor


                  Ao Amor, que sem ele não se sobrevive. O amor nasce de geração espontânea, há a amor em todos os lados , basta estar atento e virar para o lado certo.
                  O amor de uma criança é uma doçura sem limite, é sincero, sem interesses.
                  As crianças dão-nos amor mesmo que seja num piscar de olhos.



Carmita/2014

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

E Ela disse:me



                Um dia encontrei uma senhora que sem querer, desabafou comigo, as agruras da sua vida. Ouvi e nem sabia o que havia de dizer. Lembrei-me daquelas máximas: -Quando Deus fecha uma porta abre sempre uma janela.
-Não  perca a esperança e Reze.
A senhora olhava para mim como se estivesse a acreditar, fiquei tão aflita que no fim disse o melhor é não perder a esperança, pois essa é a ultima a perder. O Deus e o Reze neste momento da vida já não ajuda.....

terça-feira, 14 de outubro de 2014

E ela disse.me




    Não dei pela vida passar, correu rápida como o voo de uma borboleta de flor em flor.




Carmita/2013

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

E Ela disse-me




       Nunca substimes um ser humano, ele pode fazer o impensável.



Carmita/2012



domingo, 12 de outubro de 2014

Margarida



Nasceu a Margarida!
Assim como uma flor,
Nasceu linda a sorrir.
À sua volta, Amor.



Mais uma flor na campina, uma Margarida, ladina que veio ao Mundo para nos abraçar, a doçura de um ser a desabrochar.





sexta-feira, 10 de outubro de 2014

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

E Ela disse-me:



         Podes ser rico ou pobre, mas só serás bem amado se fores feliz.


Carmita/2012

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

E Ela disse-me



       Hoje ao fim do dia, olhei para o chão, estava cheio de folhas castanhas douradas. Pensei que lindo...parei, reflecti e vi que estávamos no Outono.
O tempo passa de estação em estação e eu nem senti ele passar.

Carmita/2012


segunda-feira, 6 de outubro de 2014

E Ela disse-me


      Quando morrer quero ir para o Céu. Estou farta gente “mentalmente, suja e mal cheirosa”, não há nada como uma nuvem branca no céu azul: É lá que eu vou estar.

Carmita/2012

domingo, 5 de outubro de 2014

E Ela disse:me


O povo não é estúpido !
Não quis violência, porque ainda tem esperança......

carmita/Maio/2013

sábado, 4 de outubro de 2014

E Ela disse-me

Foi um Anjo
Estava na praia, sozinha, deitada na areia tentava ler, estava triste. Foi um anjo

Absorvida, com as letras e a tristeza, não me apercebi , o que se passava a meu redor.
De repente , Senti uma mãozinha que me tocava, era uma menina, sorri e disse-lhe: olá, no mesmo momento sentou-se ao meu colo, e abraçou-me com muita força e ternura, como à muito tempo eu não era abraçada. Sorriu-me voltou a abraçar-me. Sempre a sorrir-me e eu a falar com ela, tocou-me no meu peito e apertou-e outra vez com muita força e deu uma gargalhada. A mãe entretanto veio atrás dela-me, pediu-me desculpa, e queria que ela saísse do meu colo, em vez disso continua e dá-me um beijinho foi-se e nem me disse adeus.

Para mim ficou a doçura da abraço forte e meigo, cheio de inocência. Foi tão real, só podia ser um anjo.

Carmita /Set/2013

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

E Ela disse-me(não falem de politica)



                             Não falem de politica, dizem elas com um ar pedante, esquecem-se que a política mexe em tudo, na nossa liberdade, na nossa vida.Tudo depende das leis, normas e imposições dos políticos, e não há nada a fazer.....