segunda-feira, 30 de junho de 2014

E Ela Disse-me

E Ela Disse-me



      Nunca substimes um ser humano, ele pode fazer o impensável.



Carmita/2012








terça-feira, 24 de junho de 2014

E Ela Disse-me


    
Quando morrer quero ir para o Céu. Estou farta gente “mentalmente, suja e mal cheirosa”, não há nada como uma nuvem branca no céu azul: É lá que eu vou estar.

       Carmita/Maio/2014

segunda-feira, 23 de junho de 2014

E Ela Disse-me

E Ela disse-me


      Não dei pela vida passar, correu rápida como o voo de uma borboleta de flor em flor.


Carmita/2013
 

domingo, 22 de junho de 2014

Diana Vaceland

             
  A elegância é qualquer coisa de inato. Não tem nada a ver com o estar bem vestida.
   
             
Diana Vaceland

sábado, 21 de junho de 2014

E Ela Disse-me



     A amizade não se mede, não se pesa. A Amizade sente-se e é avaliada ao longo de uma vida.


Carmita/2013

sexta-feira, 20 de junho de 2014

E Ela Disse-me


        Tenho quase sessenta anos. Este ano vi as primeiras rugas no meu rosto, pouco defenidas, mas estão lá, é o sinal de uma vida a acabar.....



Carmita/2013

quinta-feira, 19 de junho de 2014

E Ela Disse-me



        Podes ser rico ou pobre, mas só serás bem amado se fores feliz.


Carmita/2012

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Sim nós podemos

Sim, nós podemos

Localiza-te no mapa.
Sente o teu querer,
olha-os nos olhos,

Nunca olhes para baixo.
Dá a mão aos que estão no chão,
Puxa-os para ti,
Ensina-os a elevarem-se.

Se fizeres o contrário, ficarás na lama de onde é muito díficil saíres.

Carmita/maio/2014




terça-feira, 17 de junho de 2014

E Ela disse-me


Andei uns dias com esperança, senti que alguma coisa ia mudar!
Esqueci-me que a Terra leva sempre 24 horas a rodar, a única coisa que muda é o dia após a noite......sinto-me tão só.


Carmita/2013

domingo, 15 de junho de 2014

Foi um Anjo

Estava na praia, sozinha, deitada na areia tentava ler, estava triste.
Absorvida, com as letras e a tristeza, não me apercebi , o que se passava a meu redor.
De repente , Senti uma mãozinha que me tocava, era uma menina, sorri e disse-lhe: olá, no mesmo momento sentou-se ao meu colo, e abraçou-me com muita força e ternura, como à muito tempo eu não era abraçada. Sorriu-me voltou a abraçar-me. Sempre a sorrir-me e eu a falar com ela, tocou-me no meu peito e apertou-me outra vez com muita força e deu uma gargalhada. A mãe entretanto veio atrás dela-me, pediu-me desculpa, e queria que ela saísse do meu colo, em vez disso continua e dá-me um beijinho foi-se e nem me disse adeus.

Para mim ficou a doçura da abraço forte e meigo, cheio de inocência. Foi tão real, só podia ser um anjo.

Carmita /Set/2009


sábado, 14 de junho de 2014

E Ela disse-me


Andei uns dias com esperança, senti que alguma coisa ia mudar!
Esqueci-me que a Terra leva sempre 24 horas a rodar, a única coisa que muda é o dia após a noite......sinto-me tão só.


Carmita/2013


sexta-feira, 13 de junho de 2014

E Ela disse-me:


O povo não é estúpido !
Não quis violência, porque ainda tem esperança......

carmita/Maio/20139


 

quinta-feira, 12 de junho de 2014

E Ela Disse-me


O povo não é estúpido !
Não quis violência, porque ainda tem esperança......

carmita/Maio/20139

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Susan B. Anthony

    






 Os homens, os seus direitos e nada mais. As mulheres, os seus direitos e ainda menos.


          Susan B. Anthony

sexta-feira, 6 de junho de 2014

E Ela disse-me:




Desempregado, é um ser humano, que não sabe o mês, o dia, nem a hora. Vive na ânsia de um emprego, um futuro melhor, e um final de vida digno.



Carmita/Maio/2014

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Margarida

          




Nasceu a Margarida!
Assim como uma flor,
Nasceu linda a sorrir.
À sua volta, Amor.



Mais uma flor na campina, uma Margarida, ladina que veio ao Mundo para nos abraçar, a doçura de um ser a desabrochar.

           Carmita/Maio/2014

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Palavras que roubei

Revejo tudo e redigo
meu camarada e amigo.
Meu irmão suando pão
sem casa mas com razão.
Revejo e redigo
meu camarada e amigo 


       (José Carlos Ary dos Santos)

terça-feira, 3 de junho de 2014

Palavras que roubei

Meu amor, meu amor
       Minha estrela da tarde
       Que o luar te amanheça
       E o meu corpo te guarde.
       Meu amor, meu amor
       Eu não tenho a certeza
       Se tu és a alegria
       Ou se és a tristeza. 


              José Carlos Ary dos Santos


segunda-feira, 2 de junho de 2014

Palavras que roubei


         Quando não se tem aquilo que se gosta é necessário gostar-se daquilo que se tem.

 (Eça de Queirós)