sexta-feira, 6 de junho de 2014

E Ela disse-me:




Desempregado, é um ser humano, que não sabe o mês, o dia, nem a hora. Vive na ânsia de um emprego, um futuro melhor, e um final de vida digno.



Carmita/Maio/2014