sábado, 25 de abril de 2015

Inside of me - (dentro de mim 25 de Abril)



               Amanheceu um dia cinzento, estive todo o dia com dores na  minha perna, aquela perna que parti no dia 13 de Fevereiro, Sexta-feira.
               Mais dor, menos dor, é normal, mas no meu coração há um aperto uma tristeza, que ainda não tinha percebido a razão. No decorrer do dia, ou seja logo de manhã em directo, na TV, vi o presidente da República, com cara de quem ia para a forca. Por motivos contrários tínhamos aquela cara de poucos amigos.
               Já é noite e o meu pobre coração ainda não encontrou vontade para sorrir, 41 anos de pois de uma mudança radical na politica Portuguesa, toda aquela alegria a vontade de viver gritar o amor por esta Pátria, só me apetece calar.  Hoje  as contas estão erradas :são os jovens que partem, é o drama dos idosos, são as crianças no limiar da pobreza, é uma sociedade descaracterizada, quantos mais anos vamos ter que esperar, para sorrir num outro 25 de Abril....