segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Palavras que encontrei

... Eu sou lúcida na minha loucura, permanente na minha incostância, inquieta na minha comodidade... Amo mais do que posso e, por medo, sempre menos do que sou capaz... Quando me entrego, me atiro e quando recuo não volto mais. - Martha Medeiros