quinta-feira, 6 de abril de 2017

E ela disse-me: solidão


              A solidão é como a ferrugem vai-nos corroendo, debilitando, cada dia nos sentimos mais sós, mais isolados, mais tristes, até o nosso âmago estar de tal maneira frágil que se vai destruindo ,até não haver mais nada a não sentirmos a dor de estar-mos sós.

                    Carmita/2017